• Facebook Page: joinvilleifsc
  • Twitter: ifscjoinville

Guia de Cursos

acesso portal guia cursos

perguntas frequentes

fale conosco

ouvidoria

acesso informacao

Home Notícias Estudantes do Câmpus Joinville participam da Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais

 

 

 

Estudantes do Câmpus Joinville participam da Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais PDF Imprimir E-mail
Seg, 29 de Outubro de 2018 13:59

A primeira edição da Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais (OMIF), realizada de 19 a 21 de outubro em Muzambinho, Minas Gerais, contou com a participação de dez estudantes do IFSC, dos quais seis dos cursos técnicos integrados do Câmpus Joinville. Bruno Munhoz Lavanini, Enthony Antunes Negrello e Lucas Dalfovo Pereira estrearam com menções honrosas e Gabriel Schneider Santos da Silva, Leonardo Josué Ramilio Witter e Manuela Martins da Rosa receberam certificado de participação.


Do Câmpus Xanxerê, foi premiado com medalha de prata o estudante Felipe Lorenzzon e, com menção honrosa, o aluno Gabriel Sampaio. E, do Câmpus Chapecó, Elias Eduardo Bort e Renan Lucas Silveira conquistaram medalhas de bronze.


Organizada pelo Câmpus Muzambinho do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS), a olimpíada exclusiva para alunos dos cursos técnicos integrados da rede federal foi dividida em duas fases. Na primeira etapa, 12.300 alunos fizeram a prova classificatória no próprio câmpus, no dia 11 de maio. No Câmpus Joinville, 52 alunos participaram desta fase, que classificou seis estudantes com nota de corte de vinte acertos entre trinta questões. No total, 347 alunos foram selecionados e 255, de 150 câmpus de todo Brasil, acabaram participando da segunda fase, em Minas. Os 100 melhores classificados receberam premiação: 10 medalhas de ouro, 20 de prata, 30 de bronze e 40 menções honrosas. O resultado final pode ser acessado aqui.


Além da prova e entrega da premiação, a fase final da OMIF foi um grande evento científico, com minicursos, oficinas, palestras e mostra de jogos. Os professores de matemática que acompanharam os alunos também participaram de uma reunião nacional com os professores da rede, de onde saiu o encaminhamento para o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) pedindo o apoio para que o evento passe a integrar as ações da rede.


Por conta disto, o professor de Matemática do Câmpus Joinville, Paulo Amaro dos Santos, voltou empolgado com o evento. "Entendo que isso valoriza o ensino de matemática como ferramenta de transformação social, oportuniza aos estudantes conhecer os outros institutos e fortalece a rede federal", destaca.


Motivação que fica


Manuela, do terceiro módulo de Eletroeletrônica, e Gabriel, do oitavo de Mecânica, também ficaram entusiasmados com a participação. "A OMIF é diferente das outras olimpíadas de matemática porque exige mais os conhecimentos matemáticos e rapidez de raciocínio, ao contrário da Obmep, por exemplo, que pede mas lógica e interpretação", explicam os estudantes, em referência à Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep).


Outro diferencial, segundo os estudantes, são os eventos paralelos, que proporcionaram a integração entre estudantes dos institutos federais de todo Brasil. "Conhecemos gente de todo país, fizemos novos amigos com quem conversamos todos os dias no grupo de whatsapp e vimos projetos interessantes que podem ser aplicados aqui", comentam.


Um desses projetos é o IF(meninas){nas exatas}, do Câmpus Bragança Paulista do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), que tem o objetivo de promover a participação feminina na área de Exatas, motivando alunas do ensino fundamental e médio a ingressar na área e colaborando para permanência de alunas de graduação e pós-graduação já inseridas neste contexto.


"A meta é fazer grupos de estudo e implantar o projeto aqui no Câmpus Joinville, para incentivar as meninas a participarem mais das olimpíadas e mostrar que elas são capazes. Hoje, a porcentagem de meninas que participam de olimpíadas na área de Exatas é muito baixa. Precisamos aumentar isso", enfatiza Manuela, única menina do estado de Santa Catarina na fase final da OMIF.


Por Liane Dani | Jornalista do IFSC

 

 

banner estude no ifsc 180x80

icone docentes horarios atividades

portal aluno

assistencia estudantil

intercambio

 

   banner-encceja-180px

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.